Smart Fit News
Smart Fit News » Fitness » Você sabe fazer polisapato direitinho? Aprenda aqui!

Você sabe fazer polisapato direitinho? Aprenda aqui!

Boa opção para o aquecimento, ele eleva os batimentos cardíacos e melhora o condicionamento físico

Por: Mirela Mazzola02/12/2021

Como fazer polisapato?

Exercícios dinâmicos e que trazem divertimento ao treino são sempre bem-vindos – principalmente se oferecem benefícios, como a melhora da coordenação motora, o aumento da frequência cardiorrespiratória e a queima calórica. O polisapato reúne tudo isso. “Além de fácil e de poder ser feito em qualquer lugar, ele combina treinamentos aeróbico e de resistência muscular de forma divertida”, explica Carolina Machado, professora da Smart Fit e coach online do Smart Fit Coach, consultoria com personal trainer.

Boa alternativa para aquecer antes do treino, o polisapato também funciona para as pausas ativas e para o HIIT, o treino intervalado de alta intensidade. Os principais músculos ativados durante o exercício são a panturrilha, os quadríceps (músculos na parte na frente da coxa), bumbum e os flexores do quadril.

Como fazer polisapato?

Afaste os móveis e bora treinar! Confira o passo a passo:

1. Posicione um dos pés atrás do corpo, em meia ponta (quando o calcanhar fica elevado).

2. Erga o braço oposto ao da perna à frente acima da cabeça.

3. Pegue impulso e salte, trocando a posição dos braços e pernas.

4. Faça o movimento continuamente, mantendo o tronco reto.

Dê o play!

Neste vídeo, a professora Amanda Alencar ensina como fazer o exercício corretamente.

Veja mais vídeos como esse no canal da Smart no YouTube

Os principais erros ao fazer polisapato

Atenção: há dois erros comuns, que podem forçar as articulações. O primeiro é levar os braços para trás, além da linha das costas – eles devem estar alinhados à orelha – e deixar os joelhos retos – é preciso mantê-los semiflexionados para amortecer o salto e evitar sobrecarga. 

Mas, ainda que o polisapato seja feito corretamente, Carol atenta a alguns cuidados: “Se a pessoa tiver algum tipo de lesão ou problema de saúde, ou se for gestante, é importante conversar com o professor para que ele adapte a execução do movimento”, diz.

Quem tiver alguma limitação nos ombros, por exemplo, não deve elevar os braços até acima da cabeça (mantenha-os na altura do ombro); já o impacto nos joelhos pode ser evitado se você apenas trocar as pernas durante o exercício, sem saltar.

Continue por aqui:

Agora que você já sabe…

Não importa se seu objetivo é adquirir massa muscular, emagrecer ou ganhar disposição para os desafios do dia a dia: os professores da Smart Fit te ajudam a chegar lá! Encontre a unidade mais próxima de você 🙂

QUERO ENCONTRAR A SMART MAIS PRÓXIMA!
TAGS:

Siga a Smart no insta

Instagram @smartfit
Instagram @smartfit
Instagram @smartfit
Instagram @smartfit

Este site utiliza cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Consulte nossa política de privacidade.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close