Smart Fit News
Academia Fitness Nutrição Saúde
Smartfit News » Saúde » Academia é segura e não contribui para aumento de COVID, diz pesquisa

Academia é segura e não contribui para aumento de COVID, diz pesquisa

Pesquisa foi realizada nos Estados Unidos e contou com cerca de 50 milhões de pessoas

Por: Redação10/09/2020

academia é segura

Uma pesquisa realizada nos Estados Unidos analisou o número de alunos que frequentaram academias de maio a agosto deste ano e quantos deles declararam ter testado positivo para COVID 19. O resultado: 0.0023 % deles foram diagnosticados com a doença.

O estudo, conduzido pela International Health, Racquet & Sportsclub Association (IHRSA) e a MXM (empresa de tecnologia especializada em rastreamento de membros na indústria de fitness), reuniu informações de, aproximadamente, 50 milhões de alunos e 2,873 academias.

“Os dados provam que as academias – seguindo os protocolos de limpeza e segurança rígidos – são seguras”, disse Brent Darden, presidente e CEO interino da IHRSA.

Quer ler mais conteúdos como este?

O que é obesidade e como tratar
Como evitar o colesterol alto
5 alimentos para melhorar a imunidade

Exercício físico no combate ao coronavírus

Além das medidas de segurança adotadas nas academias, a prática regular de exercícios físicos está diretamente relacionada à melhora do sistema imunológico, o que colabora no combate à COVID 19.

“Toda execução de um exercício gera uma inflamação no corpo. Isso pode até parecer ruim, mas não é”, explica Luiz Carlos Carnevali, especialista em Fisiologia do Exercício e em Biomecânica e Cinesiologia, mestre e doutor pelo Instituto de Ciências Biomédicas da Universidade de São Paulo (USP) e diretor técnico da Smart Fit. “Esse estresse faz com que o corpo perceba esse estímulo e crie as respostas anti-inflamatórias necessárias para a sua recuperação, o que, consequentemente, reforça o seu sistema imunológico.” 

Na mesma linha, recentemente uma pesquisa publicada na revista “Annals of Internal Medicine”, mostrou que a obesidade aumenta em até 4 vezes o risco de morte por COVID-19 entre homens e pessoas com menos de 60 anos. Por isso, adotar uma alimentação balanceada e a prática regular de atividade física pode, não apenas ajudar a prevenir – ou tratar – a obesidade, como também, consequentemente, reduzir as chances de contrair o novo coronavírus.

Colaboração

Desde que atenda as medidas determinadas, academia é segura para a prárica de exercícios físicos. No entanto, é preciso que todos colaborem para acabar com a COVID 19.

  • Lave bem as mãos e/ou as higienize com álcool em gel a 70%;
  • Limpe os aparelhos, sempre que possível, antes e após o uso;
  • Use máscara cobrindo a boca e o nariz durante toda a permanência no local (se for preciso, leve mais de uma, para realizar a troca, caso seja necessário devido á transpiração);
  • Respeite o distanciamento;
  • Leve a sua garrifinha com água.

No mais, são as recomendações de sempre: evite abraços e apertos de mãos, evite levar as mãos aos olhos e, se tossir ou espirrar, cubra a boca e o nariz com a dobra do braço, mesmo usando máscaras.

Este site utiliza cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Consulte nossa política de privacidade.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close