Smart Fit News
Smart Fit News » Fitness » 6 dicas para começar a correr (e se manter motivado)

6 dicas para começar a correr (e se manter motivado)

Quer uma boa notícia? Você pode dar os primeiros passos sozinho

Por: Redação29/10/2021

Como começar a correr? Veja dicas

Vamos começar trazendo verdades: dar o primeiro passo, muitas vezes, é a parte mais difícil em uma tarefa. E quando o assunto é exercício físico, não é diferente. Na corrida, no entanto, existe a vantagem de poder começar de forma independente. “Você consegue correr primeiro sozinho, desde que não deixe de perceber seu corpo e de sentir a resposta dele”, diz o coach Andrei Achcar, da assessoria online de treinos Corrida Perfeita.

Mas é claro que, no decorrer da trajetória do corredor, a ajuda profissional é bem-vinda, tanto para a melhora da técnica e da performance quanto para evitar lesões. “Na corrida, o coração e a capacidade cardiorrespiratória evoluem mais rápido que músculos, ossos, tendões e articulações”, lembra Andrei. Por isso, você pode sentir que está progredindo de forma mais rápida do que realmente está – é quando costumam aparecer as lesões e a falta de motivação, eventualmente.

A seguir, listamos 6 dicas para começar a correr de forma segura e planejada, com um passo de cada vez:

1. Conhecer e aprimorar a técnica da corrida

Para iniciar na corrida de forma segura e prazerosa, considere a parte técnica à medida em que melhora a performance, dia após dia. “É fundamental perceber o que acontece com seu corpo durante o treino e progredir a partir disso”, diz Andrei.

2. Fortalecer o corpo

Para isso, a musculação com carga ou os exercícios calistênicos (que usam o próprio peso do corpo, como a prancha isométrica) são grandes aliados. E não pense que o fortalecimento deve ficar apenas nas panturrilhas, joelhos e coxas – trabalhar os quadris e a região do core, que engloba o abdômen, a lombar e o bumbum, é superimportante.

3. Manter a consistência

Em se tratando de corrida, o coach lembra que a repetição é o segredo da evolução e da performance. “Treino bom é treino feito”, incentiva.

4. Evoluir gradativamente

“O progresso depende do histórico de cada pessoa e quase sempre é lento”, diz Andrei. Por isso, tenha paciência e viva um treino de cada vez – isso vai contribuir, e muito, para alcançar velocidades e distâncias cada vez maiores.

5. Planejar a recuperação 

O descanso também faz parte do treino e é quando ocorre a regeneração muscular. Por isso, é essencial planejar também os momentos em que não está correndo – evitando o consumo de álcool, cuidando da alimentação e dormindo bem, por exemplo.

6. Curtir o processo

Para Andrei, “não existe super treino ou treino melhor que o outro, o que existe é o processo”. Ou seja, busque sempre trilhar sua trajetória de corredor de forma prazerosa e consciente de que a evolução pode ser mais lenta para algumas pessoas. E lembre-se: o percurso é mais importante que a chegada 😉

Sobre corrida, leia também:

Quero conhecer os planos da Smart Fit!
TAGS:

Siga a Smart no insta

Instagram @smartfit
Instagram @smartfit
Instagram @smartfit
Instagram @smartfit

Este site utiliza cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Consulte nossa política de privacidade.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close