Smart Fit News
Smart Fit News » Nutrição » Como usar a proteína no emagrecimento

Como usar a proteína no emagrecimento

A proteína no emagrecimento é fundamental para o melhor resultado no processo. Mas você sabe o porquê? Vem ler aqui que te contamos tudo sobre isso.

Por: Redação30/04/2022Tempo de leitura: 2 mins

Conheça o app de nutrição da Smart Fit

Você já ouviu falar que é necessário comer mais proteína que outro macronutriente em processo de emagrecimento? Por conta disso, eu vim esclarecer algumas dúvidas sobre esse tema e facilitar o entendimento do porquê usar a proteína no emagrecimento. 

É importante deixar claro que a proteína sozinha NÃO emagrece, até porque ela não tem caloria negativa. Não existem -300kcal em um bife. Você não vai perder calorias por consumir proteína, mas ela irá te ajudar a emagrecer. É diferente.

Capacidade termogênica da proteína

As proteínas possuem capacidade termogênica, então elas aumentam o nosso gasto energético. Claro que não basta somente comermos proteína. 

Se estivermos em superávit calórico (consumo maior que o gasto), a capacidade termogênica não será o suficiente para fazer com que a gente emagreça. Agora, se estivermos em uma dieta de déficit calórico (consumo menor que o gasto), ela pode potencializar o nosso emagrecimento, sim.   

Quando o emagrecimento acontece por restrição calórica, uma quantidade de proteína entre moderada e alta é como algo positiva. E porquê disso? 

Por conta da preservação da massa magra durante o processo de emagrecimento e redução do peso. Na maior parte das vezes, acabamos perdendo massa muscular junto com o processo.

Isso acaba sendo ainda mais importante em idosos, mulheres na menopausa e pessoas com obesidade. Esses são indivíduos que precisam de maior atenção, devido às alterações hormonais.

Proteína no emagrecimento: qual tipo usar?

Vocês devem estar se perguntando: qualquer tipo de proteína auxilia no emagrecimento? 

Quando analisamos a qualidade das fontes de proteína que aparecem nos estudos, aquelas que apresentam uma maior quantidade de aminoácidos essenciais tendem a ser melhor correlacionadas a indução de perda de gordura.

E quais fontes são essas? As fontes de proteínas derivadas de animais, como carne, peixes, ovos e laticínios. 

É importante ficarmos atentos aos suplementos proteicos de soro de leite e caseína. Ambos são derivados de laticínios.

Inclusive, o Whey Protein tem a tendência de aumentar o IGF1, fator de crescimento semelhante à insulina tipo 1. Ele faz com que preservamos ainda mais massa muscular. 

 As fontes animais tendem a ser melhores do que as fontes vegetais. Isso porquê há uma maior porcentagem de aminoácidos essenciais. Mas isso não quer dizer que as fontes vegetais sejam ruins ok? Jamais. Inclusive, se bem distribuídas, e com as suplementações necessárias, acabam tendo o mesmo efeito das proteínas animais. 

Por isso é tão importante o auxílio de um nutricionista. Assim você será orientado da forma correta à melhor forma de distribuir a proteína na sua alimentação. Isso te ajudará a preservar sua massa muscular e aumentar sua taxa metabólica basal, que é o quanto você gasta parado.

QUERO EMAGRECER

Siga a Smart no insta

Instagram @smartfit
Instagram @smartfit
Instagram @smartfit
Instagram @smartfit

Este site utiliza cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Consulte nossa política de privacidade.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close