Smart Fit News
Academia Fitness Nutrição Saúde
Smartfit News » Nutrição » O que comer em dias frios, segundo uma nutricionista

O que comer em dias frios, segundo uma nutricionista

O inverno bate à porta e a gente quer saber: o que colocar no prato? Perguntamos para a expert Larissa Venzel, do Smart Fit Nutri

Por: Redação31/05/2021

O que comer no inverno?

Manter um cardápio saudável durante o inverno pode ser um desafio para a maioria de nós. Parece que é só o termômetro baixar um pouco que abandonamos as refeições leves e embarcamos nas opções mais gorduras e calóricas – o que, inevitavelmente, abre caminho para o ganho de peso. 

Mas, veja que curioso: pesquisadores conduziram um estudo nos Estados Unidos e observaram que os participantes engordaram cerca de 0,48 kg durante as estações mais frias do ano. Parece pouco? E é! O problema é que esse quase meio quilo não foi perdido posteriormente. O resultado: o comportamento alimentar no outono e no inverno provavelmente contribui para o ganho de peso gradual a longo prazo. Eita!

E o que fazer, então?

Para começo de conversa, saiba que é comum sentir mais fome quando o tempo lá fora não está dos mais ensolarados. Com temperaturas mais baixas, temos um gasto energético maior, explica Larissa Venzel, nutricionista do Smart Fit Nutri, app de consultas online com nutricionistas da Smart Fit. É aí que mora um possível desequilíbrio: “Nosso organismo trabalha mais para manter a temperatura corporal adequada. Neste contexto, podemos tanto comer mais como fazer más escolhas alimentares ingerindo, também, alimentos mais calóricos”, diz a expert.

Apesar de estarmos mais predispostos a extrapolar, existem jeitos de controlar melhor a fome no frio. Aplique as dicas e as sugestões aprovadas por Larissa e pelo time do Smart Fit Nutri para aprender como se alimentar bem no inverno.

O que comer no inverno?

Na hora de fazer as compras, dê preferência para frutas, verduras e legumes da estação. Embora os produtos sazonais dependam em grande parte de onde você mora, há muitos deles que atingem o pico de produção no inverno e ficam disponíveis em todo o país.

1. Abóbora

Abóbora é o ingrediente de outono/inverno por excelência! E inclua aí todas as variedades – japonesa, moranga, seca. Cai bem em receitas doces, salgadas e com todo o tipo de preparo. Cada 100 gramas tem, em média, 40 calorias e é rica em fibras, vitaminas (A, B, C, E e K), ferro, cálcio, magnésio, fósforo, manganês e zinco. Que tal tentar fazer um purê?

Purê de abóbora

  • ½ abóbora cortada em pedaço médios
  • ½ cebola picada
  • 4 colheres de sopa de azeite
  • Sal a gosto

Cozinhe os pedaços de abóbora por uns10 minutos na água ou no vapor e amasse-os com um garfo. Por fim, refogue a cebola no azeite e acrescente o purê, mexendo bem. Está pronto!

2. Batata

Como se precisássemos de mais razões para amar batatas, não é? É verdade que elas podem ser encontradas o ano todo, mas no inverno, em particular, são uma ótima escolha porque rendem receitas quentes e aconchegantes. A batata possui grande quantidade de água, fibra alimentar e é uma importante fonte de carboidratos para o dia a dia. Além disso, contém vitaminas, potássio, cálcio, ferro, magnésio, manganês e zinco.

3. Couve-flor, repolho e couve-de-Bruxelas

A família das crucíferas inclui alguns dos produtos mais nutritivos e versáteis que existem, incluindo couve-flor (rica em antioxidantes, vitaminas e minerais importantes), repolho (pouquíssimas calorias e uma quantidade de nutrientes impressionante) e couve-de-Bruxelas (contém ácido fólico, essencial para a memória). Brilham quando são caramelizadas no forno, salteadas na frigideira ou refogadas.

4. Verduras

Verduras como escarola, endívia e couve são melhores quando cultivadas em temperaturas mais baixas – nessa época do ano, espere alimentos mais crocantes, adocicados e menos amargos. Experimente-os salteados, refogados ou como parte de uma salada de inverno saudável com uma mistura de grãos, frutas secas e um molho picante.

Dicas para ter uma alimentação equilibrada no inverno

Defina horários

Mantenha uma rotina de horários, organize e planeje suas refeições. Isso vai evitar que você coma três pedaços de bolo recheado em vez de um, quando sentir fome.

Não esqueça das frutas

Não deixe de consumir pelo menos de 2 a 3 porções de frutas ao longo do dia. Além de vitaminas e minerais, elas são ricas em fibras e auxiliam o bom funcionamento intestinal. Aproveite a época e delicie-se com banana, mexerica e morango!

Leia aqui os benefícios da mexerica; e aqui os benefícios da banana.

Para dar saciedade…

Ao preparar sopas, caldos ou cremes acrescente sempre uma fonte de proteína para garantir mais saciedade. Você pode escolher entre ovos, queijos magros, carnes ou grãos, por exemplo.

Quer se alimentar melhor? Então, vem cá

Ajuste a sua dieta com a orientação de um nutricionista. Mudar o cardápio é fundamental para quem precisa se alimentar melhor. Conte com os especialistas do Smart Fit Nutri para aprender a fazer escolhas mais inteligentes. Você conversa com um nutricionista e recebe um plano alimentar feito sob medida.

Continue por aqui 🙂

TAGS:

Este site utiliza cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Consulte nossa política de privacidade.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close