Smart Fit News
Academia Fitness Nutrição Saúde
Smart Fit News » Academia » Com academia e rede de apoio, ele venceu a depressão

Com academia e rede de apoio, ele venceu a depressão

Wellington Gama superou a doença e, agora, conta a sua história para inspirar outras pessoas

Por: Thieny Molthini18/09/2020

Com academia e rede de apoio, Well Gama venceu a depressão

Treinar sempre foi um combustível para o publicitário Wellington Gama, mas depois da chegada do segundo filho, em 2016, quando estava com 31 anos, as coisas mudaram um pouco. “A rotina se transformou, então a correria do dia a dia e os desafios da paternidade se tornaram grandes gatilhos para a depressão“, conta.

Sem ânimo para fazer as suas atividades regularmente, ele percebeu que precisava de ajuda. “Eu notei que estava doente, porque andava cada vez mais triste e desmotivado, como se faltasse algo em minha vida”, lembra. “Eu sentia um vazio”, acrescenta. Nesse momento, ele recorreu a uma grande rede de apoio para conseguir superar essa fase. Além da família, ele contou com a assistência da sua terapeuta e decidiu ainda apostar naquilo que sempre amou, a atividade física. “Foi aí que mergulhei com tudo na academia, então mais pessoas chegaram para me auxiliar nesse processo: minha nutricionista e o meu personal, o Alexandre Lopes [professor da Smart Fit Tietê Plaza].

Com acompanhamento profissional, Wellington retomou a sua rotina e, aos poucos, foi se sentindo melhor, inclusive por conta do prazer que os exercícios lhe proporcionavam – e ainda proporcionam. “Eu caí de cabeça na atividade física, pois ela sempre teve um propósito na minha vida: superar essa fase ruim, conquistar um corpo que, na minha percepção, seria melhor para mim, manter minha mente ativa e ter um momento para me cuidar”, explica o publicitário.

Quer ler mais conteúdos como este?

Exercício e a recuperação

antes e depois _ depressao _ academia
Com treino e reeducação alimentar, Wellington Gama eliminou 17 kg. Foto: Arquivo Pessoal

Com o tempo, Wellington começou a evoluir, o seu ânimo voltou e a sua saúde mental também melhorou. “Nesse processo, eu perdi 18 quilos, o que me deu mais confiança e motivação para vencer essa fase ruim”, lembra.

Além de saúde – física e mental – a academia se tornou um espaço social para conhecer gente nova e fortalecer amizades. “Me aproximei de uma grande pessoa e, juntos, estruturamos o time Força Bruta, que tem como objetivo participar das provas de obstáculos. Infelizmente, este ano não houve competição, por conta da pandemia, mas tínhamos mais de 100 integrantes na equipe”, conta.

E se antes a academia já era um porto seguro, hoje o exercício físico tem um significado ainda mais relevante para ele. “Eu treino todos os dias e me sinto melhor a cada dia. Por isso, prometi que, sempre que pudesse, contaria a minha história para poder ajudar e inspirar outras pessoas.”

Com academia e rede de apoio, ele venceu a depressão _ 2
Welling treina todos os dias e também pratica atividades ao ar livre. Foto: Acervo pessoal

Combate à depressão

A depressão é uma doença que precisa de tratamento, por isso é importante estar atento aos sinais. Sensação de tristeza, autodesvalorização, sentimento de culpa, falta de energia, cansaço excessivo, mudança no apetite e falta de interesse sexual são alguns sintomas de depressão, de acordo com o Ministério da Saúde.

Atividade física pode auxiliar na prevenção e no tratamento da depressão, mas não substitui, de maneira alguma, o acompanhamento médico. Por isso, precisando, busque ajuda! Você não está só.

Este site utiliza cookies para que você tenha a melhor experiência em nosso site. Consulte nossa política de privacidade.

The cookie settings on this website are set to "allow cookies" to give you the best browsing experience possible. If you continue to use this website without changing your cookie settings or you click "Accept" below then you are consenting to this.

Close